Escravos de Jó

Essa é uma das cantigas mais divertidas e empolgantes já ensinadas. Quem não conhece o Escravo de Jó com certeza não conhece o melhor lado da infância, que se inicia nas rodas de brincadeira já nos anos 60, e se estendendo, mais algumas décadas

Essa é uma daquelas brincadeira clássicas em que um grupo de crianças se senta em roda e começa a passar o objeto cantando a canção, com regras.

Escravos de Jó

anúncios:

Escravos de Jó – Regras

Em um grupo de crianças, eles se sentam em formato circular. Pode ser jogado em uma mesa redonda- pois é mais fácil para passar os objetos- ou até mesmo no chão.

Cada criança segura um objeto (Dica: pequenos saquinhos com algodão ou arroz dentro de várias cores é bastante divertido). Cada um vai passando o objeto que está em mãos, cantando a canção, no mesmo compasso:

anúncios:

Escravos de Jó

Jogavam caxangá (Comece e continue repassando os objetos até a parte)

Tira (Levante o objeto em mãos), põe (coloque de volta no chão ou na mesa)… Deixa ficar (Em alguns casos, as crianças apontam para o objeto, em movimento repetitivo),

Guerreiros com guerreiros (repasse novamente os objetos) fazem zigue-zigue-zá (segure o objeto sem largar e passe de um lado para o outro três vezes) (repete 2X).

anúncios:

Outras Versões

Em alguns lugares, a música foi se modificando ganhando várias versões.

Zé Pereira

Escravos de Jó,

Jogavam caxangá,

Tira, bota, deixa o Zé Pereira ficar…,

Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá.

Zambelê

Escravos de Jó,

Jogavam caxangá,

Tira, bota, deixa o Zambelê ficar…

Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá.

Cão Guerreiro

Escravos de Jó jogavam caxangá,

Tira, bota, deixa o cão guerreiro entrar…

Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá.

Vamos à Belém

Escravos de Jó jogavam caxangá,

Tira, bota, vamos a Belém, que vai que vem,

Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá.

Gostou desse artigo sobre Escravos de Jó?

Então compartilhe com seus amigos e familiares.

anúncios:

Leave a Comment